Informação policial e Bombeiro Militar

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Vem aí o Pacto Pela Vida Nacional, mas ninguém fala em salários! A meta Nacional será de 5%.


Ministro da Justiça diz, no Rio, que país terá meta para reduzir taxa de homicídios em 5% ao ano

Ele esteve em Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Cidade receberá metas e investimentos para gestão policial e ações sociais

por 
Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo fala durante vento do Fórum de Segurança Pública - O Globo / Mayara Mendes

RIO — O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e a secretária nacional de Segurança Pública, Regina Mikki, participaram na manhã desta sexta-feira do encerramento do 9º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública na sede da Ordem dos Advogados do Brasil, no Centro do Rio, onde anunciaram diretrizes que estão sendo traçadas com estados e organizações sociais que resultará, em setembro, na publicação do Pacto Nacional de Redução de Homicídios. O pacto, que terá abrangência nacional, prevê metas, responsabilidades e medidas de segurança que devem vir acompanhadas de ações sociais em cada estado para que o Brasil possa reduzir em 5% a taxa de homicídios a cada ano.

O encontro teve como foco discutir o aprimoramento técnico da atividade policial e na gestão da segurança pública. Durante o encontro, o secretário de Direitos Humanos da Presidência da República, Pepe Vargas, ressaltou que cidades como o Rio de Janeiro precisa de uma aproximação maior entre os setores de direitos humanos com instituições irresponsáveis pela segurança nas cidades e citou a necessidade da ampliação de ouvidoria entre estes órgãos.

— Qualquer ação para redução da taxa de homicídios sem a devida integração destes órgãos irá fracassar. Precisamos também de uma atenção maior por parte do poder legislativo de cada estado no sentido de intensificar ações em prol do desarmamento — disse ele, que também criticou a atenção exacerbada para a criação de leis que criminalize o uso de armas brancas, uma vez que a maioria dos homicídios no estado acontecem por meio da utilização de armas de fogo.

A secretária nacional de Segurança Pública, Regina Mikki, destacou que jovens pobres e negros são as maiores vítimas de homicídios nos estados com mais de cem mil habitantes e reforçou que a atenção desprendida para estas pessoas precisa ser intensificada para que este quadro seja revertido.

Cardozo adiantou que a meta principal do pacto será reduzir anualmente em 5% a taxa de homicídios no país, e disse que cidades como o Rio de Janeiro receberão metas e recursos individuais para que o Brasil alcance os objetivos traçados no âmbito da segurança pública.

— Iremos conversar com o governador, analisar agora as necessidades de cada estado e traçar metas individuais. O Rio de Janeiro apresentou bons resultados na Copa do Mundo, e isso é resultado da integração entre os poderes, a exemplo do funcionamento do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). No momento não iremos divulgar as ações estratégicas para cada estado e nem o orçamento que será viabilizado, pois algumas reuniões ainda vão acontecer para que possamos traçar este grande planejamento — disse o ministro da Justiça.

De acordo com Renato Sérgio de Lima, professor de administração pública da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o aumento da segurança na cidade do Rio é urgente e que o papel das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) é fundamental para reduzir a violência.

— Sem dúvida é a iniciativa fundamental que o governo do Rio de Janeiro teve ao colocar o dedo na ferida da cidade. É quando encostamos na ferida que são levantadas questões fundamentais para que possamos mudar a realidade. Precisamos olhar os acertos, os erros e desafios e comparar com erros e acertos de outros estados e até mesmo de outros países. É isso que estamos fazendo para traçar este pacto nacional em prol da redução dos homicídios — disse.

Ainda de acordo com o professor da FGV, cidades como o Rio de Janeiro precisa de mais tecnologia, integração social, modernização dos protocolos burocráticos e, principalmente, mais aproximação entre as áreas de maior vulnerabilidade e a sociedade.

— O eixo de participação da sociedade é fundamental, tanto com as UPPs quanto com as companhias destacadas da polícia. A gestão da informação será levada em conta também, pois passa por uma questão que é a transparência com a prestação de contas. O Rio de Janeiro foi pioneiro junto com São Paulo na criação do Instituto de Segurança Pública. Uma das virtudes do carioca é que os problemas não ficam embaixo dos tapetes. Eles vêm à tona e aí é o momento quando soluções são buscadas e alcançadas. Neste sentido o Rio, com seus erros e acertos tem dado um exemplo para a modernização da segurança pública.

AÇÕES SOCIAIS

Segundo Renato Sérgio de Lima, o secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, está certo em cobrar mais ações sociais para que o trabalho da polícia não seja unicamente responsável por resolver as mazelas da cidade.

— Segurança pública não é mesmo só polícia. É dever de todos. Se olharmos de forma mais integrada precisamos garantir direitos. E a garantia de direitos não é atribuição específica da polícia. Precisamos de mais inclusão e políticas de prevenção. E aí este é o grande dilema do estado brasileiro. O problema é que temos uma baixa eficiência da burocracia pública para fazer política pública. Isso é histórico, não é exclusivo do Rio, mas precisa ser melhorado com uma melhor gestão e foco territorial. Por isso as UPPs foram tão importantes para o estado. A polícia levou a presença do estado para regiões antes dominadas pelo tráfico, e agora o estado como um todo tem que entrar nesta realidade para garantir outros direitos que não não podem ser garantidos pela polícia — disse.

Transitar no corredor de ônibus vira infração gravíssima



Diário Oficial publicou lei que altera o Código Brasileiro de Trânsito. Motorista pode ter carro apreendido e perde 7 pontos na carteira.
31/07/2015 09h36 - Atualizado em 31/07/2015 15h43
Do G1, em São Paulo
Velocidade de ônibus sobe em faixas exclusivas, mas cai nos corredores em São Paulo (Foto: Reprodução TV Globo)
Trafegar em corredor exclusivo de ônibus vira infração gravíssima (Foto: Reprodução TV Globo)

A presidente Dilma Roussef sancionou alterações no Código Brasileiro de Trânsito (CTB), que a partir desta sexta-feira (31) passa a considerar infração gravíssima transitar em faixas e vias exclusivas de ônibus no Brasil.

Deste modo, o motorista que for pego dirigindo em corredores de transporte coletivo, nos horários proibidos, pode ter o veículo apreendido, além de perder 7 pontos na carteira de habilitação e pagar multa de R$ 191,54 (Correção: o G1 errou ao informar que o valor é R$ 574. A informação foi corrigida às 13h37).

Até então, trafegar na faixa exclusiva à direita era considerado infração leve (3 pontos) e nos corredores à esquerda da via, grave (5 pontos), com multa de R$ 127,69. Em nenhum dos casos estava prevista a apreensão do veículo.

A mudança no artigo 184 do CTB foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (31) e vale tanto para os corredores (à esquerda), quanto para faixas exclusivas (à direita). A lei entra em vigor a partir da publicação.

As multas por invasão às faixas exclusivas cresceram mais de 60% em São Paulo nos 5 primeiros meses de 2015, comparado ao mesmo período de 2014.

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), de janeiro a maio de 2015 foram aplicadas 702.540 multas contra 434.415 infrações cometidas no ano anterior.

Táxis, ônibus e caminhões
Segundo o texto publicado no Diário Oficial, a partir de agora taxistas e motoristas que exercem atividade remunerada podem ser multados se forem pegos fazendo a cobrança da tarifa com o carro em movimento. A infração, que não estava prevista no CTB, é considerada média e rende multa.

Além disso, os motoristas habilitados nas categorias C, D ou E, que incluem caminhoneiros e condutores de ônibus ou vans, serão obrigados a fazer um "curso preventivo de reciclagem", quando somarem 14 pontos no período de um ano. Após o curso, os pontos serão zerados e o profissional poderá ser chamado novamente para a "reciclagem" apenas depois de 1 ano.

Transferência eletrônica
A publicação de hoje também inclui no Código de Trânsito a transferência eletrônica de propriedade de veículo, regulamentada pelo Contran em 2014. Assim, o antigo dono pode escolher se faz o processo normal de levar a cópia autenticada do comprovante de transferência ao Detran local ou se faz o processo por meio eletrônico.
 

 

Cinquentinhas finalmente emplacadas em Pernambuco


Publicado em 31.07.2015, às 09h20

Atualizado em 31.07.2015, às 09h56

Cinquentinhas costumam descumprir normas de trânsito em Pernambuco  
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem


Do JC Trânsito 

As polêmicas cinquentinhas serão, finalmente, regulamentadas. Após uma lei publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (31), os ciclomotores comprados deverão sair da loja já emplacados, assim como os carros e as motocicletas. Os condutores deverão ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria A e o Cerificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

O procedimento será o mesmo que é adotado entre os outros veículos: o dono da cinquentinha deverá levar à loja os documentos pessoais, que serão enviados junto com a nota fiscal para o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE). O órgão fará o cadastro e emitir o registro e o CRLV.

De acordo com o Detran-PE, quem adquiriu veículos até essa quinta (30) deverá apresentar a habilitação na categoria A e a nota fiscal do veículo até que seja publicada uma resolução que determine os prazos para a regulamentação deles. "A lei não pode retroagir para prejudicar ninguém", explica o diretor-presidente do órgão, Charles Ribeiro. 

O gestor, no entanto, ressalta que os documentos já deveriam ser apresentados antes da lei, o problema é que a fiscalização não era eficiente. Agora, além da ação nos municípios, o Detran-PE vai redobrar a atenção das operações Lei Seca e Trânsito Seguro para as cinquentinhas.

A capital pernambucana, Recife, tinha uma lei para regularizar a circulação das cinquentinhas desde novembro de 2013, mas o processo se arrastava desde então e o registro nunca foi verdadeiramente exigido. A cidade era a única na Região Metropolitana a ao menos ter iniciado o procedimento - Jaboatão dos Guararapes e Olinda, por exemplo, ainda estavam elaborando uma lei para ser encaminhada a votação na Câmara Municipal. Caruaru, no Agreste, chegou a registrar três ciclomotores e Petrolina, no Sertão, iniciou o cadastro, mas também sem sucesso.

Diante disso, o Detran-PE e os departamentos dos outros estados pressionaram o órgão nacional, ligado ao Ministério das Cidades, para que exercer força política para agilizar a tramitação de um projeto de lei antigo que transferia a responsabilidade para o âmbito estadual. O PL 13.154/15 foi aprovado no Senado na última quarta-feira (29) e sancionada pela presidente Dilma Rousseff (PT) no dia seguinte.

Na prática, o que muda é o inciso 17 do artigo 24 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Esse ponto dizia que compete aos municípios registrar e licenciar ciclomotores e veículos propulsão humana e tração animal. Porém, a palavra "ciclomotores" foi retirada. "Não tem sentido colocar ciclomotores no meio disso", defende Ribeiro. 

Apenas a fiscalização continuará sendo feita pelos municípios. No Recife, pela Companhia de Trânsito e Transito Urbano (CTTU).

Para o Detran-PE, a medida tornará o trânsito mais seguro. Ainda não há registros sobre o número de acidentes envolvendo as cinquentinhas. Os motociclistas, categoria em que os pilotos de ciclomotores estão agora, foram 75% das vítimas de acidentes no ano passado, de acordo com a Secretaria da Saúde. Ao todo, o Estado gastou mais de R$ 1,2 bilhão com a recuperação dos feridos, o que equivale a R$ 230 mil por cada um deles. A orientação do Detran-PE é de que os condutores usem capacete e outros equipamentos de segurança, como luvas, cotoveleiras e joelheiras, além de calças e jaquetas de tecidos grossos.

Para o diretor-presidente do órgão, a regulamentação terá efeitos positivos também na segurança pública. "A coisa que nós mais presenciamos é uso das cinquentinhas pelo tráfico de drogas porque sentem a tranquilidade da impunidade. Quando não tem licenciamento, não temos a quem cobrar", afirma Ribeiro. Agora, segundo o gestor, quando o veículo não for abordado em fugas, a fiscalização poderá usar apenas os dados dos condutores. "As pessoas vão pensar duas vezes antes até de cometer infrações."

Mais dois!


A capital pernambucana recebe dois novos equipamentos de fiscalização eletrônica capazes d e registrar infrações por excesso de velocidade, avanço de semáforo e parada sobre faixa de pedestres.
Os dispositivos, que estão instalados na Rua Real da Torre e na Avenida Engenheiro Abdias de Carvalho, na Zona Oeste do Recife,  iniciam a operação educativa a partir desta quinta-feira (30) e estarão aptos a realizarem o registro das infrações a partir da quinta-feira (6).
As infrações por excesso de velocidade variam de acordo com a velocidade que o condutor ultrapassar o equipamento de fiscalização (50 km/h na Rua Real da Torre e 60 km/h na Avenida Engenheiro Abdias de Carvalho).
As multas vão de R$ 85,13 a R$ 574,62, além dos pontos registrados na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
Já os veículos flagrados avançando o semáforo ou parados sobre a faixa de pedestre, estarão sujeitos a multas de R$ 191,54 e 7 pontos na CNH e de R$ 85,13 e 4 pontos na CNH, respectivamente.
Confira mais informações sobre os novos dispositivos de fiscalização eletrônica:
- Semáforo 237:  Rua Real da Torre, 129, próximo à Escola Estadual Joaquim Távora, pouco antes da entrada do Túnel da Abolição.
- Semáforo 328: Avenida Engenheiro Abdias de Carvalho, 1678, em frente à faculdade Estácio

Vamos divulgar e evitar multar 😉

PMPE: GATI do 11º BPM faz grande apreensão de drogas e ainda apreende uma arma: os GATIs detiveram um elemento que tinha em sua posse um revólver calibre 38, com 06 Munições intactas; -08 Munições de 9mm; -13Kg de maconha; -175 Bigs de Maconha; -01 Papelote de Maconha; -01 Barrinha de Maconha; -1Kg de Crack; -15 Pedras Grandes de Crack contendo 50Gr cada; -22 Pedras de Crack; -01 Trouxinha de Pó Virado; -01 Balança de Precisão; -Mais 02 Facão para corte. O mesmo foi conduzido a DP para ser tomado as providências cabíveis.





Por volta das 01h00 do dia (31JUL15), as GGs-5700/5800, ao comando do SGT GILBERTO, quando efetuavamos rodas na BR-101, recebemos informações que na COMUNIDADE DA BOLIVIA, JARDIM PAULISTA, havia um elemento já conhecido deste efetivo em atitude suspeita. No local, nos deparamos com o suspeito, onde na abordagem não foi localizado nada, porém, através de algumas indagações, chegamos até sua residência, onde foi localizado: -01 Revolver Cal.38 com 06 Munições intactas; -08 Munições de 9mm; -13Kg de maconha; -175 Bigs de Maconha; -01 Papelote de Maconha; -01 Barrinha de Maconha; -1Kg de Crack; -15 Pedras Grandes de Crack contendo 50Gr cada; -22 Pedras de Crack; -01 Trouxinha de Pó Virado; -01 Balança de Precisão; -Mais 02 Facão para corte. Imputado de nome, ALEX BEZERRA DA SILVA, Vulgo"LEQUE", RG-8786023, NASCIDO em 26/03/1992. Diante dos fatos, conduzimos ALEX juntamente com todo material apreendido a DP de Paulista para que fosse tomada as medidas cabiveis. Ocorrência devidamente registrada com M-7832960.








PMPE: GATI do 11º BPM detém 2 elemento em uma moto sendo que um deles estava armado com revólver calibre 38, e aponta a arma para outro duas pessoas em outra moto na BR 101. Os 4 foram conduzidas à DP para as providências cabíveis.



Por volta das 23h00 do dia (30JUL15), as GGs 5700/5800, ao comando do SGT xxxxxx, quando efetuavamos rodas na BR-101, nos deparamos com um assalto em andamento de 02 individuos em uma moto CG125 Preta, ha outros 02 individuos em outra moto CG125 Amarela. Prontamente, agindo com eficácia, conseguimos impedir o assalto, como também deter os elementos, onde 01 deles portava ilegalmente 01 Revolver Cal.38 com 06 Munições intactas. Imputado com arma em punho de nome, LEANDRO SILVA DOS SANTOS, Vulgo"LEO", NASCIDO em 08/11/1989; Piloto de nome, ALISON VINICIUS DA SILVA MELO, Vulgo"TOM", RG-8882965, NASCIDO em 31/03/1996; Possíveis vítimas que estavam na 125 Amarela, Piloto de nome, PAULO CESAR DA CONCEICAO JUNIOR, Vulgo"PATINHO", RG-10185337, NASCIDO em 04/10/1999; Garupa de nome, EMANUEL JHONATA BEZERRA DO NASCIMENTO, Vulgo"MANUEL", RG-9668338, NASCIDO em 18/04/1998. Diante dos fatos, TODOS foram conduzidos a DP de Paulista para que fosse tomada as medidas cabiveis. Ocorrência devidamente registrada com M-7832993.



















PMPE: equipe ETB-DELTA do BPRv ao abordar uma moto foi encontrado com o garupa um revólver cal. 38


Na tarde do dia 30/07/2015, o ETB Delta realizava incessantes abordagens na Rodovia PE-62, no município de Condado, após o decorrer do dia e já nos preparando para retrair ao Recife, nos deparamos com dois indivíduos em uma motocicleta que, ao avistarem o policiamento deram início à uma ultrapassagem, buscando assim, sumir das vistas dos Águias que alí estavam, subimos em nossas motocicletas e fizemos o acompanhamento, tendo rapidamente logrado êxito na abordagem, encontrando com o garupa( José Rafael de Lima, 26 anos), um REVÓLVER Cal. .38 Taurus special (N° AP 39733) com 01 munição, 01 aparelho celular LG/A275.
Com o condutor nada foi encontrado, e ainda nos foi dito que, ele nada sabia da arma de fogo, tendo apenas dado uma carona para o IMPUTADO (seu conhecido).
Seguimos para D.P de Nazaré da Mata para que seja tomada as medidas cabíveis.

Apreensão:

01 arma de fogo 🔫 cal. .38;
01 munição do mesmo calibre;
01 Aparelho Celular.

Efetivo:

2° Sgt 106911-0 M. Nascimento
SD 107063-0 Valdir Pereira
SD 108957-9 Correia
SD 109743-1 Albino Filho
SD 115301-3 Ramos

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Equipe da PMPE e do CBMPE, que irá participar do 4º PM Combat, em Natal/RN, no dia 29 de agosto 2015, estar precisando de apoio para a locomoção e alimentação naquele Estado da Federação vamos ajudá-los.

Nós Lutadores estamos precisando de apoio para a locomoção e alimentação.

CB PM XAVIER -17º BPM 
(faixa preta de jiu jitsu)

SGT PM VASCONCELOS -
17º BPM
(faixa preta de jiu jitsu)

SD PM BAHIA -
11º BPM                    
(faixa marron de jiu jitsu)

SD PM TANÚS -
19º BPM                      
(faixa roxa de jiu jitsu)

SD PM BARRBOSA -
17º BPM               
(faixa preta de karatê)

SD BM JAIME -
BOMBEIRO MILITAR           
(faixa preta de judô)

RESPONSAVÉL : CB PM XAVIER ( F. (81) (987304247  e (81) (999111823)   
 



Segurança pública é tema mais citado em redes sociais


Um monitoramento feito diariamente há mais de um ano pela Diretoria de Análises de Políticas Públicas (Dapp) da Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostra que menções relacionadas à segurança pública nas redes sociais – Facebook e Twitter – superam temas como educação e saúde. O estudo foi apresentado nesta quarta-feira (29) no 9º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, na sede da FGV, no Rio de Janeiro.

 Foto: Getty Images
Crimes de roubo e homicídio são os mais mencionados pelos internautas de cinco Estados e Distrito Federal.
Foto: Getty Images 

"As menções à segurança pública vêm aumentando nas redes sociais, regularmente e gradativamente, a ponto de ser o tema, entre os que a gente monitora, que tem mais menções em média", disse o pesquisador Amaro Grassi.

O estudo aponta que os crimes de roubo e homicídio são os mais mencionados pelos internautas de cinco Estados e do Distrito Federal. No Rio Grande do Sul, chega a 57,9% o percentual de menções de roubo em relação ao total de crimes. No Distrito Federal, 32,7% das menções são a homicídios, o maior patamar entre os estados mostrados, e, em Minas Gerais, chegam a 16,37% as menções a estupro.

No início de 2014, as citações à segurança pública estavam, em média, abaixo de 40 mil por dia, passando à frente do tema educação, que ocupava o segundo lugar. No fim de junho, o tema segurança superou as 60 mil menções médias diárias. A pesquisa leva em conta apenas posts públicos de perfis em redes sociais como Twitter e Facebook.

Nessa terça-feira (28), o monitor da Dapp apontou mais de 49 mil menções à segurança pública. O segundo tema mais popular foi protestos, com 23 mil menções, seguido por educação, com 14 mil, e corrupção, 13 mil. Saúde (12 mil) e transportes (mil) foram os menos mencionados.

Para o pesquisador Amaro Grassi, as redes sociais favorecem a difusão da informação, “mas não necessariamente o debate”, porque as posições acabam ficando isoladas. Ele identifica uma polarização entre as menções contrárias e favoráveis na internet a respeito de medidas de repressão ao crime, como a redução da maioridade penal. "Existe hoje uma polarização, não só em relação à segurança, mas também em relação ao debate político", afirmou.

Nessa terça-feira (28), o monitor da Dapp apontou mais de 49 mil menções à segurança pública. O segundo tema mais popular foi protestos, com 23 mil menções, seguido por educação, com 14 mil, e corrupção, 13 mil. Saúde (12 mil), e transportes (mil) foram os menos mencionados.

A pesquisa da FGV mostra ainda que as palavras educação, escola e governo estão entre os mais relacionados à segurança. Segundo Grassi, a associação é recorrente tanto entre os que defendem um recrudescimento da repressão ao crime quanto entre os que se posicionam a favor de soluções alternativas. "Essa percepção é comum entre essas duas posições mais consolidadas".

O estudo indica que também cresceu a insatisfação dos internautas em relação aos serviços públicos da área de segurança. Em uma pesquisa de opinião, feita em outubro do ano passado, 76% dos entrevistados se disseram muito insatisfeitos ou insatisfeitos com os serviços públicos de segurança, percentual que aumentou para 82% em abril deste ano. Os muito satisfeitos ou satisfeitos caíram de 14% para 9%.

Agência Brasil

PMPE: ROCAM Prende suspeito com dois Kg de maconha.


PMPE - DIRESP - CIPMoto

A ROCAM 1100, por volta das 21h de hoje (29/07/15), quando realizava rondas no Bairro de Rio Doce, Olinda,  recebeu informações que um indivíduo estaria traficando nas proximidades de seu apartamento. A ROCAM seguiu até o local e conseguiu abordar o suspeito João Pedro Pontes Borges, 20 anos. Durante a abordagem o indivíduo declinou possuir em sua residência aproximadamente 2kg de maconha, conduzindo o efetivo até suas dependências. No local foi confirmada a posse da droga, onde o suspeito recebeu voz de prisão e foi  conduzido até a Central de Plantões para serem tomadas as medidas legais cabíveis. 

M-7831224. 

SGT Edijailson, CB Ricardo Araujo, SS Drailton, SD Heitor e o SD F Souza.




quarta-feira, 29 de julho de 2015

PMPE: 17º BPM faz uma ação social naComunidade de Jardim Paulista


Projeto social do 17BPM em comunidades da área de Jardim Paulista... Entrega de cestas básica na comunidade e integração da polícia com a população... Com a presença do sub comandante Major Adalberto e o comandante da área contemplada... Capitão Vitor










Robson capeta preso nesta quarta-feira 29/07/15. O GATI do 6º BPM da PMPE e a 2ª SEÇÃO do EMG em Operação conjunta com a Polícia Federal desarticula quadrilha de assaltantes liderada pelo elemento de vulgo " Robson Capeta".

GATI - 6 BPM: Operação conjunta com 2 seção do EMG e Polícia Federal desarticula quadrilha de assaltantes liderada por elemento de vulgo " Robson Capeta". Na ocasião foram presos os elementos Robson Jose da Silva( Robson Capeta) e Reginaldo Guedes da Silva(Regis). Foram apreendidas uma PT Cal. .40 SBX 680880 e uma PT Cal. 380 KQG 97031, bem como dois veículos, um Gol de cor prata placa PFS 8476 e um Astra de cor verde de placa CSR 2867. Os imputados são responsáveis por diversos assaltos a ônibus na BR 232, Bonança. Recentemente trocou tiros com efetivo do Gati em uma área rural no município de Bonança. Os acusados foram conduzidos ao Departamento de Policia Federal para as demais providências.




11º BPM da PMPE implanta um projeto social para ajudar as crianças e adolescente a não serem vítimas de adultos a serviço do tráfico e da bandidagem evitando assim que esses jovens sejam levados ao mundo do crime.



Apipucos, Bairro do mesmo nome, pertencente à Área Integração Social 5, AIS, que 
é responsável pelo policiamento dos  Bairros de Beberibe, Porto da Madeira, Bomba 
do Hemetério, Alto Santa Terezinha, Linha do Tiro, Alto José Bonifácio, Dois Unidos, 
Passarinho, Mangabeira, Alto José do Pinho, Morro da Conceição, Vasco da Gama, 
Apipucos, Macaxeira, Nova Descoberta, Brejo, Guabiraba, Córrego do Jenipapo, 
Dois Irmãos, Pau Ferro, Casa Amarela 1 e 2, Alto do Mandu, Monteiro, Poço da Panela, 
Parnamirim, Santana, Brejo de Guabiraba, Brejo de Beberibe e Guabiraba Pau Ferro.

Deu início no dia de ontem terça-feira, 27/07/15, a uma grande ação civilidade, em 
contato com diversas lideranças de bairros criou em alguns desses bairros sobre sua 
circunscrição um projeto de ação social que visa atender vários jovens de ingressar 
no mundo do crimes, já que esses jovens são alvos constantemente de traficantes e 
de todos os tipos de mal feitores com intuito  de fazer deles suas mulas! Esses jovens 
são usados tanto como viciados como traficante sendo usado na venda  e na entrega 
de drogas.


O ten Cel Ronaldo, Comandante Tavares do 11º BPM, com o apoio do Tenente Araújo 
tiveram a ideia de consultar entre seus comandados policiais que tivesse o dom para 
ensinar esses jovens a não serem vítimas desses mal feitores. Nesses contexto foi 
localizado entre sua tropa os Soldados Cássio Cruz, Bahia, James e Wander, policiais 
abnegados que não se negaram a se engajar no projeto e ajudar essas comunidades 
dentro dos seus conhecimentos. E assim cada um apresentou um projeto que visa 
não permitir que esses jovens sejam tirado dos seios de sua família e enverede pelo
 mundo do crime. Para que os pais não ficasse de fora do programa, também foi criado 
um projeto que atendesse também aos adultos, ou seja, seus pais e seus avós, assim 
o Sd Cássio Cruz que é formado em educação física se comprometeu a dar aulas de 
educação  física(ginástica corporal), para os pais e também para a terceira idade, já o 
Soldado Bahia que tem conhecimento em artes marcias comprometeu-se a ensinar 
seus conhecimentos em Jiu Jitsu a essas crianças, o Sd James que tem amplo 
conhecimento em Futsal procurado pelo Comando não mediu esforços e se engajou 
de logo no projeto, por último o Soldado Wander que pratica dança de salão se
comprometeu a ensinar uma dança típica de nossa região, ou seja, o forró! Bom 
com todas essas mãos-de-obras nas mãos só faltava procurar as lideranças 
comunitárias e convidá-las para que as mesmas se engajassem no projeto, o 
comando fez o levantamento e foi até as comunidades onde havia grande 
incidência de jovem sendo cortejado para prática dos crimes e as 
lideranças abraçaram logo o projeto de cara, literalmente falando! 
Com isso comunidades como a Linha do Tiro, Bola Rede, Alto do 
Capitão, Apipucos, Nova Descoberta e adjacência foram contemplada 
inicialmente para implantação do projeto. Veja alguns exemplos: 




Comunidade de Bola na Rede






Pessoal da Terceira Idade





 Comunidade da Linha do Tiro na Avenida Chagas Ferreira




Comunidade do Alto do Capitão em Dois Unidos







Veja quanto estar ganhando um Guarda Municipal em Paulista, Pernambuco.



PMPE: TRAFICANTE DA COMUNIDADE DE SANTO AMARO É PRESO EM OLINDA PELO GATI DO 16ºBPM, TRANSPORTANDO DROGAS E ARMA DE FOGO



PMPE – DIM – 16ºBPM

Nesta data, 28JUL15, foi realizada uma Operação conjunta com o objetivo de combater o CVLI e o Tráfico de entorpecentes, tendo a participação do NIC/M2/16ºBPM e dos GATI 1400 e 1500, quando por volta das 22h33, após informações de colaboradores sobre um traficante de Santo Amaro, conhecido por WALLACE, o qual iria até o Bairro de Guadalupe em Olinda/PE, buscar uma grande quantidade de Crack para abastecer Santo Amaro, foi montada as estratégias para a Operação, tendo sido autorizado pelo Comanda da Unidade, a saída do GATI do 16ºBPM para a área do 1ºBPM. As equipes seguiram até o local, onde próximo ao Cemitério de Guadalupe, foi efetuada uma abordagem com revista pessoal ao traficante WALLACE TIAGO PEREIRA DA SILVA, DN.: 25/09/1989, Rg n.º7.877.930 SDS/PE, filho de Maria José da Silva e Everaldo Pereira da Silva, residente na Av. Dr. Jaime da Fonte, n.º64, Santo Amaro, Recife-PE, e ao seu colega STELIO CORDEIRO DE ARAÚJO, DN.: 07/07/1969, Rg.: 2270448-4, SSP/SP, filho de Maria das Dores Araújo e Claudio Cordeiro de Araújo, residente na Rua Tim Maia, n.º 230, Curado, Recife/PE, o qual afirmou ser mototaxista. Após abordá-los foi encontrado 1 Kg de Crack e 1 Revolver cal .38, marca Rossi, N.ºECO132266,
tendo sido dado voz de prisão ao elemento. a ocorrência foi conduzida para a Central de Flagrantes para que fossem tomadas as medidas cabíveis, aonde se encontra aguardando desfecho.
M-7829993
Após consulta nos arquivos da 2ª seção, verificamos que Wallace já respondeu por tráfico e pertence a facção da DI, atuando também na João de Barros, sendo comparsa do traficante Wilton, vulgo jogador, tio de júnior Box (líder do tráfico preso)





Especialista em segurança quer fim do cargo de delegado



Apenas 1% dos casos de roubos é solucionado no Brasil, segundo pesquisa de 2011

Essa baixa produtividade ocorre em todos crimes no Brasil, trazendo prejuízos de R$800 bilhões/ano aos cofres públicos e economia, 10x a mais que o ajuste fiscal do Governo Federal.

29/07/2015

Rio - Acabar com o cargo de delegado ou extinguir a exigência de que a função seja exercida por alguém formado em Direito, de forma a permitir que policiais experientes, com conhecimento das ruas, possam ascender na carreira. É isso que vai defender hoje o sociólogo Michel Misse, professor e coordenador do Núcleo de Cidadania, Conflito e Violência Urbana (NecVu) da UFRJ, durante a mesa que participará no Fórum Brasileiro de Segurança Pública, na Fundação Getúlio Vargas. Michel acenará com números fortes para justificar o pedido de mudança — entre eles o dado de que apenas 1% dos casos de roubos é solucionado no Brasil, segundo pesquisa realizada em 2011.

Michel Misse é um dos palestrantes do Fórum de Segurança da FGV

Foto:  Banco de imagens

“Na verdade nem é preciso mais ter delegados. Hoje, um jovem advogado recém-formado passa no concurso, entra numa delegacia sem saber nada de polícia e fica refém da lealdade de agentes mais antigos, que entendem muito mais do assunto do que ele, mas não podem chegar a delegado”, diz Misse, que estará na mesa 4, com o tema ‘Tempo e Fluxo de Processamento de Crimes de Homicídio no Sistema de Justiça Criminal’. Ele terá ao seu lado a doutora em Sociologia da UFMG Ludmila Ribeiro, autora da pesquisa publicada ontem com exclusividade pelo DIA, mostrando que os processos de homicídios, em média, demoram 7,3 anos para serem concluídos em cinco capitais do país. “A polícia do Rio, hoje, está dividida em grupos de lealdade montado por delegados. É uma distorção.”

Para o sociólogo, é preciso tirar a instrução criminal das mãos da polícia, como acontece hoje, para se acelerar o processo dos inquéritos e encerrar a sensação de impunidade que parece crescer no país. Ele defende que a instrução criminal, justamente o dado que obriga o delegado a ser formado em Direito, saia da polícia e vá para as mãos do Judiciário. Policial, para ele, deve tão somente interrogar e fazer um relatório a ser usado pela Justiça. “A polícia deve ser voltada apenas para investigação, trabalhando com grupos de casos. Um assassino não mata uma pessoa só, mata muitas pessoas. Um ladrão também não rouba uma vez só. É preciso fazer um grupo de casos, com modus operandi idênticos.”

Especialista em segurança quer fim do cargo de delegado - Brasil - O Dia
http://odia.ig.com.br/noticia/brasil/2015-07-29/especialista-em-seguranca-quer-fim-do-cargo-de-delegado.html

terça-feira, 28 de julho de 2015

Depois de 13 anos Deputado Soldado Prisco é Reintegrado a PM!




Militar líder greves de PMs na BA é reintegrado à corporação após 13 anos


Lucio Tavora/ Ag. A Tarde



Marco Prisco, que foi reintegrado à PM após 13 anos

O comando da PM (Polícia Militar) da Bahiacumpriu determinação judicial e reintegrou ao quadro da corporação o soldado Marco Prisco, líder das últimas greves de policiais no Estado. A decisão de reintegração foi publicada no boletim interno da PM no dia 23 de julho, e Prisco já está reinserido na corporação.
A decisão foi confirmada pela PM baiana, que informou que o soldado –que atualmente édeputado estadual pelo PSB— ficará lotado no Departamento de Pessoal até regularizar a situação funcional.
Prisco foi expulso da PM baiana em 2002 após liderar a greve de policiais militares no ano anterior. Em 2010, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou lei aprovada pelo Congresso que concedeu anistia a militares punidos por participar de movimentos reivindicatórios no Distrito Federal e em oito Estados, entre eles a Bahia.
A decisão foi comemorada pelo militar, que ficou afastado do cargo por 13 anos. “Fui demitido em 2002, após movimento reivindicatório de 2001, por um ato de arbitrariedade do Estado à época. Em 2010, a Lei de anistia reintegrou todos os militares que foram punidos por participar de movimentos por melhorias para os trabalhadores, menos eu. A Bahia foi o único Estado do Brasil que não cumpria a lei”, disse Prisco em sua página do Facebook.
Com base na nova lei, Prisco obteve pelo menos três decisões favoráveis no Tribunal de Justiça, duas em 2011 e uma última em 2012, que determinou a reincorporação. O Estado tentava reverter a decisão, semsucesso.
Além de 2001, o soldado Prisco também liderou as últimas duas greves de PMs, de 2012 e 2014. Nessa última, houve uma invasão da Assembleia Legislativa e, após o fim da paralisação, ele deixou o prédio direto para o presídio da Papuda, em Brasília. À época, a Justiça Federal acolheu pedido do MPF (Ministério Público Federal) e decretou a prisão por atos de de vandalismo e danos ao patrimônio público na greve da PM em 2012. Ele ficou preso 43 dias.
Fonte: Bol.com.br